aplicação de botox

 

A toxina botulínica é uma neurotoxina, popularmente conhecida como “botox”, produzida pela bactéria clostridium botulinum, causadora da doença botulismo. Entretanto, a toxina botulínica industrializada é purificada e usada em doses menores, que não causam a doença.

 

Sua versão purificada é utilizada para paralisar os músculos que provocam as linhas de expressão. Essa toxina pode ser usada para fins estéticos e para o tratamento de doenças dermatológicas, neurológicas e terapêuticas.

 

Indicações

 

Quanto ao uso estético, é indicado para suavizar as rugas e as linhas de expressão do rosto, principalmente as da testa, da região da glabela (espaço entre as sobrancelhas) e os “pés de galinha”.

 

Grande parte da procura por esse tratamento estético deve-se ao incômodo causado pelas rugas. Em comparação com cremes, a toxina botulínica costuma trazer resultados mais visíveis e rápidos. No entanto, a indicação da toxina depende de avaliação médica individualizada.

 

Como funciona

 

A toxina botulínica é injetada nas rugas, que podem se formar por envelhecimento natural da face, má alimentação, excesso de exposição solar e contração natural dos músculos do rosto como, por exemplo, franzir a testa.

 

Depois disso, ela age bloqueando a transmissão de estímulos neuromusculares dos neurônios para os músculos da região. Dessa forma, impede, parcial ou completamente, suas contrações, amenizando as linhas de expressão e rugas existentes.

 

Isso acontece por haver uma placa, localizada entre o músculo e os nervos, responsável pela transmissão do estímulo nervoso que produz a contração muscular. A toxina atua nessa placa, dificultando a transmissão do estímulo e ocasionando o relaxamento da musculatura.

 

O comprometimento da contração muscular é responsável pela falta de ar e pela dificuldade de deglutição.

 

Cabe esclarecer que se deve tomar muito cuidado, pois quando a quantidade de toxina é muito grande, a pessoa corre o risco de morrer.

 

No caso das linhas de expressão, há duas formas de fazer o procedimento:

 

Preventiva

 

Como a contração muscular é paralisada, não acontecerá a formação de rugas em decorrência da movimentação muscular na região em que a toxina foi aplicada.

 

Reparativa

 

Como a toxina botulínica tira a tensão da musculatura, as rugas provenientes disso são amenizadas.

 

Quem pode fazer

 

O procedimento é aconselhado para pessoas com mais de 25 anos ou quando as marcas de expressão estão incomodando. Entretanto, não há uma idade específica, apenas deve-se evitar esse tratamento em mulheres grávidas e as que estão amamentando.

 

Intervalo entre as aplicações

 

Como se trata de uma medicação biológica, é um pouco difícil medir o intervalo entre as aplicações, isso deve ser decidido entre o paciente e o profissional.

 

Caso não seja seguido i que determinado pelo profissional, há a possibilidade de que se desenvolva resistência ao produto e a toxina botulínica perca o efeito e seja desenvolvida resistência pelo organismo.

 

De toda forma, o tempo ideal varia de quatro meses a um ano para reaplicação.

 

Resultados

 

O resultado começa a ser visto entre dois e cinco dias depois da aplicação da toxina, tornando-se mais evidente em até duas semanas.

Depois disso, permanecerá fixo entre, aproximadamente, três a seis meses.

 

Cabe ressaltar que o tempo de aparecimento do resultado e sua duração varia de caso para caso.

 

Deseja realizar esse tratamento com um profissional habilitado e experiente? Conheça o trabalho do Dr. Kataoka e sobre o procedimento.